Notícias

19 de janeiro de 2018 às 21:13:17

Com recursos da educação insuficientes, Santa Luzia do Itanhy enfrenta dificuldade financeira

Servidores vivem fase de atraso de salários.


Com recursos da educação insuficientes, Santa Luzia do Itanhy enfrenta dificuldade financeira
Na entrevista que concedeu no último dia 16, na rádio Xodó FM de Estância, o prefeito de Santa Luzia do Itanhi, Edson Cruz, lamentou profundamente o momento financeiro que a prefeitura vem passando. “Nós não estamos com esse discurso no sentido que nós estamos vencidos, estamos tornando público a vocês porque conforme o discurso de alguns professores, essas ações vão se tornar mais constantes, mas quero pedir ao povo de Santa Luzia do Itanhi, que não se amedronte e não tire seus filhos das escolas do município”, pediu.

O prefeito Edson Cruz, reeleito nas últimas reeleições de 2016, tem enfrentado diversas dificuldades para gerir Santa Luzia do Itanhi. Ele lembra que só com os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) não dar para fazer muita coisa. Edson já bateu às portas do Estado, para que seja implantada alguma indústria em sua cidade e consequentemente melhorar a vida financeira do seu município. Colocou até um terreno com terraplanagem à disposição para facilitar a instalação de alguma fábrica em Santa Luzia do Itanhi. Até agora nenhum resultado a este assunto.

Passando por grande dificuldade para fechar a folha do magistério, o prefeito Edson Cruz mais uma vez, teve que divulgar na imprensa a real situação da Educação em Santa Luzia do Itanhi. “Nós entendemos da necessidade de estarmos com salários em dia, entendemos da necessidade de pagar os direitos, entendemos da razão dos professores estarem com seus cartões atrasados e não estarem recebendo, mas entendemos também que sacrifícios são necessários, estamos mostrando que os recursos que chegam ao município não são suficientes”, destacou.

Durante uma manifestação que houve na manhã de segunda-feira, 15, na frente da prefeitura, alguns professores diziam que ‘quem faziam justiça eram eles’, o prefeito disse no programa do radialista Luiz Carlos Dussantus (leia Dissanti), que respeita essa colocação deles, mas garantiu que ele não faz Justiça, mas está prefeito para administrar. “Vou entrar na Justiça contra qualquer ato e qualquer greve ilegal porque quem tem direito tem obrigação, e essas obrigações vão ser que serem cumpridas”, prometeu. Acrescentou que, evidentemente no momento que ele perceber que vão prejudicar os alunos, o prefeito não vai deixar de buscar o direito do Município. “Quero dar essa garantia aos pais de alunos”, informou.

Bastante comovente com a situação da Educação, Edson Cruz não vai desistir de lutar por melhorias e acreditar em Deus. “Quero rogar a Deus que nos ajude a conduzir Santa Luzia do Itanhi com a mesma decência, a mesma coerência e com a mesma dignidade que a gente sempre fez”, disse.

Ele lembrou que na falação que ouviu de alguns professores durante a manifestação, dizendo que já havia um discurso, clamando a população luziense para não votar nos candidatos que ele e os vereadores vão apoiar nas próximas eleições deste ano. “Uma coisa é fato, muitos foram votados em Santa Luzia do Itanhi, pela internet vocês veem, descubram desses, quem fez por nossa cidade alguma coisa, mesmo os candidatos apoiados pelos professores nas eleições estaduais passadas, qual foi a ação desses apoiados pelos professores em benefício do nosso povo, eu tenho certeza que Deus vai continuar nos ajudando e a gente vai romper esse momento que estamos passando”, salientou.


Por: Magno de Jesus


Colunistas