Notícias

25 de abril de 2018 às 21:19:23

" LGBT é uma sujeira social ", dispara Misael Dantas do PSC

Foto: Arquivo CVE.


" LGBT é uma sujeira social ", dispara Misael Dantas do PSC

A polêmica envolvendo o Projeto de Lei 74/2017 de autoria do vereador Dionísio Neto do Rede Sustentabilidade, que tenta proibir a inclusão de atividades pedagógicas com conceito de ideologia de gênero na grande curricular de ensino das escolas da rede municipal ganhou uma nova dimensão.

Agora, o vereador Misael Dantas Soares do PSC, líder do prefeito Gilson Andrade na CVE, na tarde de terça-feira dia 24, durante Sessão Ordinária perdeu o controle durante sua fala e disparou duras ofensas aos membros do LGBT.

Misael Dantas que é ligado a uma entidade religiosa resolveu responder a um protesto feito na porta do parlamento e ao usar a tribuna do Povo não economizou nas palavras e subiu o tom.

Em seu discurso, Misael Dantas disparou – “ LGBT é uma sujeira social. LGBT é um atraso social, é uma ofensa a família e quem está dizendo sou que que fui eleito pelo voto e não foi pelo seu voto ”.

Poucas horas após a polêmica e ofensiva declaração o parlamentar começou a ser bombardeado nas redes sociais, onde membros do LGBT, e algumas pessoas não economizaram letras em seus comentários contra o vereador.

Ontem, quarta-feira, dia 25, durante entrevista das representantes do Conselho Regional de Psicologia de Sergipe, o CRP 19, que se posicionaram contra a aprovação do PL no programa Jornal da Xodó, também condenou o discurso do vereador. Por ter sido citado, o vereador ligou para emissora e fez seu pedido de desculpa, mas reafirmou seu repúdio ao movimento.

Critica 1 ao a fala do vereador.

Já no programa Dia a Dias Notícias, também apresentado por Dissanti, o comportamento agressivo e descontrolado do vereador Misael Dantas na sessão terça-feira, provocou a participação do ex-vereador e atual presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Estância, Dominguinhos Machado, que viu com muita estranheza o ocorrido envolvendo seu ex-colega de parlamento.

Em meio as polêmicas, trocas de farpas e ofensas, outra situação que causou estranheza foi silêncio encantado do presidente do Diretório Municipal do Rede Sustentabilidade, Paulo André, que contrariando o que pensa seu partido em rede nacional resolveu quebrar o silêncio e sair em defesa do Projeto de Lei 74/2017 que tenta proibir a inclusão de qualquer tipo de atividade pedagógica de ideologia de gênero na grade curricular das escolas municipais.

O senhor Paulo André tentou justificar que o vereador Misael Dantas foi provocado e por isso poderia ser entendido tal comportamento de propagação de ódio.

Hoje, dia 26, o apresentador da Xodó destacou que depois do áudio real da fala do texto a comunidade agora esta assistindo nos grupos locais e redes sociais o vídeo do momento que o vereador faz sua propagação de ódio.

Ouça o áudio aqui ou copie o link abaixo e cole em seu browser.

http://factual1.com.br/Content/LgbtLixosocial.m4a


Redação Factual 1

Colunistas