Notícias

27 de maio de 2018 às 11:24:21

Estância: Membro do PC do B é exonerado por Gilson Andrade

Servidor recebia integral, mas secretário afirma que ele só trabalhava até às 11:30.


Estância: Membro do PC do B é exonerado por Gilson Andrade

Em 29 de Março de 2018, durante entrevista do Secretário de Esporte e Juventude, o senhor Luizão, concedida na Xódo FM de Estância, no programa do radialista Dussantus, nossa produção de jornalismo enviou um questionamento a respeito da possibilidade de existir um servidor na secretária de esporte e juventude, que deixava o trabalho todas as manhãs às 11:30, pois tinha um outro emprego de investida federal em outra cidade. Quando foi questionado, na época,  se o secretário tinha ciência e se comprovado tal fato, se a pessoa iria devolver o dinheiro público já recebido todos os meses,  já que a legislação não permite que uma pessoa concursada acumule dois cargos, salvo professor, e outras poucas exceções.

O senhor Luizão por sua vez, confirmou que tinha total ciência desse funcionário e ainda confirmou que ele mesmo tinha permitido que o funcionário completasse sua rotina no horário da noite, ou nos finais de semana a fim de totalizar as 40 horas, semanais, pela qual, o funcionário recebia na prefeitura.

Acontece que depois de todo esse período verificamos que no dia 16/05/2018 a prefeitura publicou empenho 1065, vinculado a portaria 117/2018 (Veja aqui). Na portaria explicar que o valor de empenho de R$ 1.294,58 é relacionado a " REFERENTE DESPESA COM RESCISÃO DE CONTRATO POR EXONERAÇÃO CONFORME PORTARIA Nº 117/20".

Tentamos entrar em contato várias vezes com o Secretário da pasta, onde o funcionário era alocado, mas não fomos atendidos. Nosso objetivo era verificar se o funcionário e membro da diretoria do PC do B em Estância iria devolver o dinheiro que recebeu sem trabalhar presencialmente, conforme informações passada pelo secretário Luizão no dia 29 de Março. Veja a reportagem completa de 29 de março aqui.


Colunistas