Notícias

3 de agosto de 2018 às 14:10:41

Estância: Cidade do Barco de Fogo e da Política

#Eleições2018.


Estância: Cidade do Barco de Fogo e da Política

O município de Estância é conhecido como a " Capital Brasileira do Barco de Fogo " e " Berço da Cultura Sergipana ", não é atoa que ela chegou a esse patamar, mas poderia também ser intitulada “ Cidade da Política ”, porque aqui se respira essa arte todos os anos e não apenas no período eleitoral.

Ao longo da sua história, mais especificamente, nos últimos 60 anos, a Cidade Jardim sempre teve destaque na nobre arte, porém, nos últimos anos teve a sua força política meio que fragmentada.

Tivemos nas décadas de 50 e 60 a representatividade do Senador Júlio César Leite, no início dos anos de chumbo, Estância como sempre pioneira, elege sua primeira deputada estadual da história de Sergipe, Nubia Nabuco de Macedo, do MDB, isto no ano de 1968. Já na década seguinte, foi a vez de Leopoldo Souza, um baluarte na luta contra a ditadura e Pedro Barreto Siqueira foram os escolhidos na eleição de 1978, em 1982 Leopoldo se reelege e tem como companheiro Valter Cardoso, em 1986 é a vez de Nivaldo Silva.

Nos anos 90 são eleitos os jovens Ivan Leite, PDC, e Carlos Magno, do PFL, em 1994 Ivan se reelege e Carlos Magno é eleito para à Câmara Federal como o mais votado e com possibilidades de galgar voos ainda mais altos, porém, depois desse período a cidade mais industrializada do estado passou a ter uma queda vertiginosa no cenário político e consequentemente um certo atraso no desenvolvimento comparando com cidades interioranas de seu porte.

Neste ano de 2018 Estância volta a ter um certo destaque novamente. A princesinha do Piauitinga tem, hoje, o luxo de ter candidatos à quase todos os cargos disponíveis e com possibilidades reais de Vitória. Temos nas pessoas da Professora Adriana Leite PRB, Misael Dantas, PSC, Carlos Magno, PSB, Jonas da Batata, PSOL, Paulo André,  Rede, e Zeca da Rede, PTB, bons nomes para à ALESE. Já para Câmara Federal, temos Valdevan 90, PSC, Diogo Souza, PSOL, e Titó do PPL. Voltando a esfera estadual, Estância tem um pré-candidato a vice governador, o empresário e ex-prefeito por dois mandatos Ivan Leite, PRB, e Ana Simone do PSOL, e para o governo o militar também  do PSOL, Márcio Souza, ou seja, somos celeiro de políticos natos e a política ferve por aqui nesse caldeirão de políticos.

Com todo esse contexto, nós Estancianos da gema temos é que comemorar, pois, teremos a grande oportunidade de voltarmos ao cenário estadual com o maior número de políticos eleitos na história do município.

Esse tem tudo para ser um grande ano politicamente falando para Estância, onde poderá chegar novamente ao patamar de cidades como Lagarto e Itabaiana, voltando ao posto de uma das três mais importantes cidades do Estado de Sergipe, lugar de onde nunca deveria ter saído, e como temos as mais belas praias vamos voltar para crista da onda. Espero que caso as possibilidades se concretizem, esses êxitos sejam transformados em ganhos reais para toda à população, que vençam os melhores.

Por: Álvaro Siqueira - Servidor público e estudante de Serviço Social.


Colunistas