Notícias

9 de dezembro de 2018 às 15:26:01

Grampo: Valdevan e Evilázio são flagrados combinando orientação a testemunhas

Foi baseado na ligação transcrita abaixo que a Superintendência da Polícia Federal de Sergipe solicitou à Justiça a prisão preventiva dos dois envolvidos.


Grampo: Valdevan e Evilázio são flagrados combinando orientação a testemunhas

Você vai ler abaixo conteúdo obtido pelo Fan F1, que mostra uma ligação interceptada com autorização da Justiça, entre Valdevan 90 (PSC-SE) e seu assessor Evilázio Cruz. Ambos foram presos na Operação Extraneus realizada na tarde dessa sexta-feira, 7.

Uma pessoa ligada à coordenação de campanha do deputado eleito tentou impedir durante as diligências que o Ministério Público Federal de Sergipe (MPF-SE) fez na cidade de Estância, segundo consta no relatório do próprio MPF, que o depoimento de uma testemunha fosse gravado. Daí para frente a fiscalização só aumentou.

Segundo uma fonte, ao ter a instauração do inquérito autorizada, a Polícia Federal iniciou as oitivas das testemunhas e percebeu que elas estavam sendo orientadas. O deputado eleito já vinha sendo monitorado e na última segunda-feira, 3, Valdevan e Evilázio protagonizaram esse diálogo.

Foi baseado na ligação transcrita abaixo que a Superintendência da Polícia Federal de Sergipe solicitou à Justiça a prisão preventiva dos dois envolvidos. Leia trechos:

ValdevanVocê tem o nome de todos os doadores?

Eviláziotemos;

ValdevanVocê procurou esse pessoal para conversa?

EvilázioOlha, Noventa! Tiveram umas duas meninas que elas foram pegas de surpresa.

ValdevanHã?

EvilázioTiveram duas meninas que foram pegas de surpresa, que foi a Ana Paula e a outra foi quando a gente não tinha nenhum conhecimento que o pessoal tinha vindo aqui interrogar. Entendeu?

Valdevam:  Ah é, mas você tem que conversar com esse pessoal aí. Você, Denise, como tá aqui. Esse pessoal que tá sendo atacado aí. Você tinha que conversa, porra!

EvilázioNós conversamos com a maioria, Noventa. O que foi que aconteceu: como nós fomos pegos de surpresa naquele momento em que elas chegaram, ninguém esperava, nós passamos a orientação no dia lá. Oh, é assim, assim, beleza. Só que esse pessoal, essas duas meninas, são as meninas que a gente também orientou, só que no momento elas falaram umas coisas que não era para falar, conforme a gente tinha orientado, mas o restante depois que o pessoal chegou e começou a fazer aquela ronda, aí nós fomos na casa de todos e orientamos! Pessoalmente! Certo? Eu já falei aqui com todo mundo;

ValdevanEssa história não tá ficando boa não;

EvilázioEu conversei com Dr. Guilherme e Dr. Anderson, aqui também;

(…)

ValdevanNão, mas antes aí você tava falando o meu nome, eu não quero saber detalhes, o que você vai falar, você vai falar detalhes agora? Porra, Evilázio! Acorda aí, seu telefone tá lá na sala do pessoal. O seu telefone está na sala do pessoal! Sabe o que é isso, não?

EvilázioSei;

(…)

EvilázioEssa Érica eu já estive com ela;

Valdevan: E aí?

Evilázioeu conversei, ela está tranquila e já tá ciente do que vai falar;

Valdevanentão você procure, se atenha ao processo;

Evilázio: ok!

(…)

O conteúdo da ligação não deixou dúvidas para a  juíza Soraia Gonçalves de Melo, que em sua decisão deixou claro que os dois agiam em conjunto para dificultar a colheita de provas. Ela decretou a prisão entendendo que, em liberdade, eles ameaçavam a ordem pública, continuavam motivados a cometer crimes, e prejudicariam as investigações, instigando as testemunhos a cometerem o crime de falso testemunho.

Valdevan ainda não havia sido ouvido no processo e no dia da prisão ele ficou em silêncio.

Mais detalhes nesta segunda-feira, 10, no Jornal da Fan.


Fonte Fan F1


Colunistas