Notícias

27 de janeiro de 2019 às 22:03:46

DESO diz rejeitos da barragem de Brumadinho não deve comprometer abastecimento de água em Sergipe

Segundo diretor operacional, outras barragens entre os estados de Minas Gerais e Sergipe fariam uma espécie de filtro.


DESO diz rejeitos da barragem de Brumadinho não deve comprometer abastecimento de água em Sergipe

A Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) não acredita na possibilidade de desabastecimento de água em Sergipe em virtude de uma possível chegada dos rejeitos da barragem da mineradora Vale no Córrego do Feijão, que se rompeu na última sexta-feira (25), em Brumadinho, em Minas Gerais.

A explicação segundo o diretor de operação da Deso, Carlos Anderson, é que existem outras barragens que fariam uma espécie de filtro até que os rejeitos pudessem chegar ao rio São Francisco.

" É muito pouco provável que esse incidente lá em Minas Gerais chegue a atingir o abastecimento em Sergipe. E tem uma explicação para isso, é que entre Minas e Sergipe existem várias barragens de usinas hidrelétricas ao longo de todo o trecho do rio São Francisco. Então, muito dificilmente teremos algum reflexo em cima desse incidente ", disse.

Perigo nas barragens

A barragem Sindicalista Jaime Umbelino de Souza, conhecida como barragem do Poxim, localizada na cidade de São Cristóvão (SE), está na lista das 45 barragens com algum comprometimento estrutural importante apontado pela Agência Nacional de Águas (ANA).

Segundo o relatório mais recente da ANA, o local apresenta fundação composta de calcário e a presença de várias surgências [ pontos de água brotando do solo]. A análise é de 2017, mas a agência voltou a divulgá-la, nesta sexta-feira (25), após o rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais.


Do G1 Se


Colunistas