Notícias

7 de junho de 2019 às 21:08:01

"Gilson Andrade tem se notabilizado como um bom enganador e não um bom gestor", diz Carlito Lemos

Sindicalista fez duras críticas ao governo de GA.


"Gilson Andrade tem se notabilizado como um bom enganador e não um bom gestor", diz Carlito Lemos
O Sindicato dos Servidores Públicos de Estância e Arauá (Sindseme) reuniu seus filiados do município de Estância para uma assembleia geral com o objetivo de deliberar novas ações de cobrança de direitos que estão sendo escanteados pelo prefeito de Estância, Gilson Andrade. A plenária ocorreu na sede do sindicato durante a tarde da última quinta-feira, 30.

"O prefeito Gilson Andrade, tem se notabilizado como um bom enganador e não um bom gestor", com essa frase o presidente do Sindseme, Carlitos Lemos, definiu o tratamento da administração de Estância aos servidores públicos e citou diversos compromissos firmados pelo prefeito enquanto candidato e posteriormente como gestor que estão esquecidos na gaveta da Prefeitura. Cientes destas várias dificuldades, os trabalhadores definiram um planejamento de ações para mobilização das categorias com o intuito de endurecer as cobranças contra Gilson Andrade.
"Desde 2016 tivemos diversos episódios de promessas descumpridas. Aos agentes comunitários de saúde e de endemias ele se comprometeu que manteria os direitos da categoria, mas na primeira oportunidade retirou R$ 200 reais do salário destes, aos mais de 300 celetistas lotados na Secretaria de Saúde firmou uma posição de torná-los estatutários e até hoje não o fez. Além disso, entre outras várias situações, promoveu uma enganação aos guardas civis com um plano de cargos e salários que não trouxe valorização alguma", declarou o presidente.

Greve Geral
A assembleia também definiu a adesão do sindicato à Greve Geral de 14 de junho, cuja pauta foi aprovada por unanimidade pelos servidores, "Nos faremos presentes em mais este ato porque entendemos que o momento exige uma ampla defesa da educação e contra as propostas massacrantes do governo fascista de Bolsonaro que pretendem retirar os direitos dos trabalhadores deste país", afirmou Carlito.

Ao tratar do assunto Reforma da Previdência, os presentes também entenderam ser necessária a organização de um debate próprio do sindicato com seus filiados para levantar os diversos pontos do projeto pleiteado pelo Governo no Congresso.

Eleições do Sindseme

O momento de mobilização das categorias filiadas ao Sindseme também definiu a formação da comissão das eleições do sindicato para o período que compreende 2019 a 2022. Novas informações serão publicadas através de edital.


Ascom Sindseme

Colunistas