Notícias

24 de março de 2020 às 11:11:49

Sindseme defende férias coletivas para barrar coronavírus em Estância


Sindseme defende férias coletivas para barrar coronavírus em Estância
A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos de Estância e Arauá (Sindseme) tornou a se reunir com membros da gestão de Estância durante a manhã e a tarde desta segunda-feira, 23, quando se reuniu com os secretários de saúde, Lourival Júnior, e de administração e planejamento, Tereza Costa, para tratar de medidas de contenção do novo coronavírus (Covid-19). O objetivo do sindicato é preservar a saúde do funcionalismo público e da população que recebe atendimento diário dos trabalhadores municipais.

Os encontros tiveram as presenças do presidente e da vice-presidente do Sindseme, Carlito Lemos e Simone Rocha, respectivamente, e dos diretores Romualdo Costa e Cátia de Jesus. Os dirigentes sindicais foram enfáticos ao afirmar que o momento exige medidas duras. “Essa evolução exponencial do coronavírus obriga a tomada de ações enérgicas e nós estamos aqui para defendê-las”, afirmou o presidente Carlito Lemos.

Na oportunidade, foram defendidos os seguintes pontos por parte do Sindicato dos Servidores:
Deliberação de férias coletivas;
Interrupção dos atendimentos presenciais, exceto os essenciais;
Deliberação de rodízio dos profissionais que atuarão na pandemia;
Redução da jornada de trabalho dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias.
Cancelamento dos atendimentos físicos, exceto para os setores de compra, de finanças e de folha de pagamento;
O diálogo foi considerado pela direção sindical como positivo, tendo em vista que os secretários assumiram as seguintes proposições:
Concessão de férias, observado o período aquisitivo; Liberação de licença-prêmio;
Dispensa dos servidores acima dos 60 anos que apresentem sintomas virais;
Instituição de trabalho home-office (modelo que designa atividades via computador/celular em casa);
Avaliação da possibilidade de redução de jornada de trabalho dos agentes comunitários de saúde. A partir do comprometimento da gestão com os pontos levantados, os diretores reafirmaram a postura de acompanhamento da situação e de novos diálogos de acordo com os próximos resultados da pandemia.


Por Ascom Sindseme

Colunistas